Eu li: Ser Feliz é assim, de Jennifer E. Smith

Ser Feliz é assim

E quando o livro que você passa a frente de todos da lista de livros é muito amorzinho??? Você cai de paixão por ele! E foi assim com o Ser Feliz é Assim, da Jennifer E. Smith, mesma autora de A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista.

Dei de cara com o livro em uma das minhas visitas a livrarias e acabei levando, mesmo prometendo parar de comprar livros um pouco. Juro, a estante já está abarrotada.

Ser Feliz é assim

Um e-mail é enviado para o endereço errado e assim começa uma amizade entre dois desconhecidos que moram totalmente opostos. É assim que começa Ser feliz é assim: Graham Larkin envia erroneamente um e-mail para o endereço de Ellie O’Neill e por causa disso começam a trocar mensagens e iniciar uma amizade. Mas essas mensagens nunca revelaram a verdadeira história dos dois personagens. O que Ellie não sabe é que o menino com quem tem trocado e-mails é na verdade o mais novo astro de Hollywood e que irá começar a gravar um novo filme. Graham sente uma enorme vontade de conhecer pessoalmente Ellie e então convence os produtores do filme a gravar em uma pequena cidadezinha no interior do Maine. A cidade em que Ellie mora. Mas o encontro desse jovem casal não será tão simples: a vida de Larkin como grande estrela de cinema poderá revelar um grande segredo que Ellie guarda.

Ser Feliz é assim

Ser Feliz é Assim é contado com um narrador-observador. A história tem um tempo e um ritmo legal. Enquanto lia queria saber logo o que ia acontecer. A escrita é leve, envolvente e emocionante. Já quero ler todos os livros da Smith (pena que a minha lista está enoooormeeeee!)

Ser Feliz é assim

Ser Feliz é assim

Versão em Português
Ser feliz é assim
Autor: Jennifer E. Smith | Tradutor: Daniela Dias| Editora: Galera Record | ISBN: 9788501047786
Amazon | Submarino | Saraiva | Cultura

Versão em Inglês:
This is what happy looks like
Autor: Jennifer E. Smith | Editora: Poppy| ISBN: 9780316212816
BookDepository | Amazon

Ser Feliz é assim

Até mais

 Para acompanhar todas as novidades do Prateleira de Cima:
LojaOnline | Facebook Twitter Instagram  | Skoob | Youtube | Bloglovin’

Eu li: Fangirl, de Rainbow Rowell

kindle

Vou dizer que sou uma pessoa extremamente preguiçosa no que se refere a ler em inglês.

Estudei 10 anos inglês e tenho uma boa compreensão sobre a língua: leio, falo e escrevo com certa fluência. O problema é que tenho uma grande preguiça de ler em inglês.

Até que um dia, depois de ter baixado o aplicativo do Kindle e dado umas fuçadas em livros em inglês, baixei uma amostra de Fangirl e comecei a ler sem parar. Ou melhor, até acabar a amostra (os 2 primeiros capítulos). E foi então que comecei a ler.

Fangirl foi o primeiro livro totalmente em inglês que li na vida e oh! me apaixonei pela experiência. No início, senti uma certa dificuldade para me adaptar na leitura, mas depois começou a fluir de forma mais tranquila.

fangirl1

Li o livro em um e-reader. Tenho um Kindle Paperwhite e estou amando a experiência de ler nele. Falei um pouquinho sobre ele nesse post aqui.

Fangirl conta a história de Cath e Wren, irmãs gêmeas abandonadas pela mãe quando eram crianças e criadas apenas pelo pai, que acabaram de chegar na faculdade. Cath é a gêmea tímida, estudiosa e responsável que tem problemas em se adaptar a mudanças. Wren já é mais extrovertida, se enturma com todo mundo e para ter a experiência completa da faculdade, decide que não será roommate de sua irmã. Nessa situação, Cath irá ter que sobreviver a faculdade sem a companhia de Wren e tendo que lidar com Reagan, sua roomie, e o amigo dela, Levi. Cath escreve uma fanfiction (por isso o título do livro, Fangirl) sobre os livros do personagem fictício Simon Snow e é assim que ela consegue enfrentar todos os problemas ao longo do livro.

Não vou entrar muito na história pois gosto de deixar vocês curiosos em ler da mesma forma que comecei a ler sem conhecer muito a sinopse. :P

O enredo é cativante e o tempo da narrativa é bem tranquilo, sem ser muito corrido e nem muito arrastado. Os capítulos foram bem divididos com pequenos momentos nos quais ficamos sem ar. O texto está bem escrito, mas teve momentos que achei que poderia ter dado mais ênfase em algumas partes, aprofundado mais.

fangirl

O que me deixou um pouco cansada foi a questão da parte da fanfiction. Juro para vocês que eu não conseguia manter a leitura nessas partes. Sei lá, não prendia minha atenção. Li algumas resenhas por aí que a fanfiction escrita pela Cath lembrava Harry Potter. Tive a impressão que sim e com uma pitada de Crepúsculo na história.

Esse foi o meu primeiro livro lido da Rowell. Gostei muito da sua forma de escrever. A escrita é leve, sem muitos rodeios e com boas descrições. Li a versão em inglês e em e-book (como disse anteriormente), mas já há a versão em português publicado pela Novo Século.

Vou deixar aqui todas as versões do livro para vocês adquirirem caso tenham interesse:

Fangirl (em inglês)
Autor: Rainbow Rowell | Editora: |ISBN
BookDepository | Kindle Amazon

Fangirl (em português)
Autor: Rainbow Rowell | Tradutor: | Editora: Novo Século
Amazon (Livro e E-book)| Submarino | Saraiva

kindle1

E vocês??? Já leram Fangirl ou algum outro livro da Rainbow Rowell! Conte-me o que achou nos comentários!

Até mais

 Para acompanhar todas as novidades do Prateleira de Cima:
LojaOnline | Facebook Twitter Instagram  | Skoob | Youtube | Bloglovin’

Meu Kindle Paperwhite

kindle2

Oi, gente! Em julho passado adquiri meu primeiro e-reader: o Kindle Paperwhite.

Sou uma pessoa que amo livros. Não gosto só de ler, eu realmente AMO livros. Amo esses itens maravilhosos e cheio de mágica. Não é a toa que fui fazer Biblioteconomia.

Desde que foi lançado o primeiro dispositivo, fiquei curiosa em experimentar e saber como é a leitura em um aparelho como esse. Os anos se passaram, o Kindle se desenvolveu, outros e-readers surgiram, e eu ainda não tinha tido a chance de matar a minha curiosidade para saber se valia pena a aquisição de um.

kindle7

Alguns meses atrás minha sogra comprou um Kindle e em uma das minhas visitas ao RJ, finalmente consegui ter a oportunidade de ler um e-book. E vou te contar: curti muito a leitura!

Pronto!!! A partir daí entrou em definitivo para minha wishlist!

kindle5

Quando fui nomeada no concurso público, tinha decidido me dar um kindle de presente (na verdade, acabei me dando 2 presentes, assunto para outro post). Já tinha decidido pelo Kindle por ser uma marca mais antiga e grande precursora dos e-readers no mundo.

Com o modelo já escolhido, esperei sair a promoção de Dia dos Pais. A compra foi feita bem tranquila e o prazo de entrega foi bem rápido.

O modelo do meu e-reader é o Kindle Paperwhite (mais informações nesse link) e o comprei pelo site da Amazon Brasil. Ele vem com um cabo de dados tipo USB e por conta disso não comprei o adaptador de tomada. Qualquer carregador USB funciona para carregá-lo. Um gasto a menos. A capa de couro foi comprada junto. Como será um aparelho que ficará dentro de bolsas e mochilas, achei melhor ter uma para proteger.

kindle4

A ideia do Kindle é poder ler livros em inglês, os livros clássicos da literatura mundial que estão domínio público. Estou muito animada com ele e se transformou em um grande companheiro em meu trajeto casa-faculdade-trabalho-casa. Acabei de ler um livro em inglês nele (Fangirl, da Rainbow Rowell) e curti muito principalmente com o dicionário integrado que me ajudou muito na hora das dúvidas com palavras que eu não compreendia o significado.

Se você se interessou por e-readers e e-books, recomendo que pesquise e teste bastante antes de efetuar qualquer tipo de compra. Hoje há muitos modelos e marcas disponíveis no mercado e o mais legal é que você pode testá-los. Se desejarem posso fazer um post falando um pouco sobre as diferentes marcas.

kindle3

É isso pessoal! Esse post ficou maior do que imaginei, mas se tiverem alguma dúvida, deixe aí embaixo nos comentários.

Até mais!

 Para acompanhar todas as novidades do Prateleira de Cima:
LojaOnline | Facebook Twitter Instagram  | Skoob | Youtube | Bloglovin’

10 dicas de como escolher sua câmera fotográfica

lente camera fotografia MickeyMouse

Sempre visito blogs bacanas nesse mundão de Brasil e uma das coisas que mais vejo os leitores fazendo é perguntando sobre qual equipamento fotográfico a blogueira/blogueiro usa, qual eles indicam, qual é a melhor câmera, e outras perguntas desse tipo.

Quando vejo essas perguntas por aí, me meto na conversa alheia e tento ajudar de alguma forma. E foi por isso que surgiu a ideia desse post. Sei que há várias dicas espalhadas pela internet ensinando como escolher câmera fotográfica, mas achei melhor que fosse algo feito por alguém que não é especialista no assunto e também teve os mesmos problemas e dúvidas.

Quando eu comecei o Prateleira de Cima, eu não entendia muito bem dessa coisa toda de fotografia e máquina fotográfica e afins. A primeira máquina era uma Sony na qual não lembrarei o modelo. Era uma grande companheira e me ajudou muito com as primeiras fotos para o blog. Lembro de usar muito o timer dela. Logo depois eu adquiri uma Nikon D3100 com uma lente intercambiável 18-55mm. E aí comecei de verdade a conhecer a fotografia. Adquiri mais outras lentes e até comecei a gravar alguns vídeos com ela. Me ajudou muito naquilo que eu realmente precisava e foi uma grande professora.

Fonte da imagem: https://www.flickr.com/photos/ali-senturk/4592919482/in/photostream/

Fonte da imagem: Flickr – Ali Sentuck

De uns tempos para cá vi a necessidade de trocar de equipamento fotográfico. Estava precisando de uma máquina melhor para me auxiliar nas fotos para o blog e para começar a gravar alguns vlogs. Decidi adquirir uma Canon T5i 18-135mm.

Mas a escolha por esse modelo não foi fácil. Foram mais de 2 meses de muita pesquisa e muito tutorial pela internet. Horas e horas procurando, em sites em português e inglês, informações sobre as mais diferentes câmeras fotográficas. Para deixar mais simples para vocês, vou dar algumas dicas de como fazer para escolher a sua câmera fotográfica, as mesmas que usei para escolher a minha.

1 – Antes de tudo, não sou fotógrafa. Nunca fiz curso, nem tenho formação superior em fotografia, então muita coisa desconheço. Tudo que sei é pela experiência e por muita pesquisa nas internets da vida. É pesquisando que se aprende.

2 – Tipos de câmeras fotográficas digitais. Existem vários tipos de câmeras fotográficas. A escolha de qual tipo é o melhor para você vai depender para que você irá usar a sua máquina. Não adianta ter uma máquina de última geração e top de linha se você só irá usá-la para tirar foto uma vez por ano, pense sempre no custo-benefício.  Para esse item vou indicar os seguintes posts bem explicadinhos: Diferenças entre os tipos de câmeras (TechTudo) | Tipos de Câmeras Fotográficas Digitais (Blog Andarelli) | E-book Guia Definitivo – Tipos de Máquinas

3 – Estude um pouco – Sim, isso mesmo! Para escolher sua câmera fotográfica você precisará estudar pelo menos o básico sobre fotografia para poder entender os recursos que as câmeras possuem ou não. Para ajudar nesse item selecionei alguns posts que irão ajudar: FotoGuia | PhotoPro 1 | PhotoPro 2

canon Mickey Mouse lente camera

4 – Pesquise muito. Uma das coisas que mais ajudaram na hora de escolher as minhas câmeras foram as pesquisas que fiz. A internet está aí como uma ótima ferramenta para ajudar a encontrar aquilo que precisamos. Procure em fóruns, tutoriais, nos sites das marcas das câmeras fotográficas e até no Youtube. Se você ter familiaridade com o inglês, aproveite para olhar sites e vídeos gringos para ajudar na escolha da sua câmera. Nesses lugares você vai encontrar muita informação especializada e vai aprender um pouquinho mais sobre câmeras fotográficas. Sabe aquela famosa frase “joga no google”? Faça isso e não se arrependerá!

5 – Faça testes. Hoje há a possibilidade de testar aparelhos que estão em exposição nas lojas. Vá até uma e tenha a chance de poder ver ao vivo o aparelho que está pensando em adquirir. Uma outra dica é ir nessas feiras de fotografia: lá há alguns stands de grandes marcas do mercado e você pode ver os lançamentos, testar as cameras, tirar dúvidas com especialistas e tudo mais.

6 – Compare câmeras.  A internet está cheio de ferramentas para ajudar na escolha da sua câmera. Há sites que fazem comparativos entre duas ou mais câmeras, mostram as especificações técnicas de cada aparelho e trazem muitas informações bacanas que irão te ajudar na hora de decidir. Para esse item vou deixar dicas de dois sites que usei muito na escolha do meu equipamento: Camera versus Camera | Snapsort (em inglês)Versus | Imaging Resource (em inglês)

7 – Pesquise e compare preços – Depois de terem escolhido o modelo de câmera, vem a parte mais importante: o preço. Às vezes é ele quem irá guiar a compra de sua futura câmera fotográfica. Pesquise promoções e lojas que vendam mais barato e até em lojas fora do Brasil. Você pode ter aquele tio ou amigo que vai viajar no exterior e pode trazer uma para você. Nesse caso pesquise em sites gringo e faça a conversão de dólar para real para ver se realmente vale a pena a compra de uma câmera estrangeira. Algumas lojas até entregam para o Brasil, mas cobram os impostos e taxas para envio e isso pode ficar caro.

16576-canon-camera-in-the-grass-1280x800-photography-wallpaper

8 – Cuidado com as fraudes – Você irá encontrar várias lojas que vendem equipamentos de fotografia espalhadas pela internet com preços bem abaixo do mercado. Quando fazia minha pesquisa, encontrei variação de preço de mais de R$1500,00. Desconfie das lojas que vendam muito barato. Indico sempre lojas online que já possuem nome ou que é uma marca já consolidada no mercado de vendas online. É preferível pagar um pouquinho mais e ter garantias do seu produto, do que pagar baratinho e nunca mais ver seu dinheiro, muito menos o seu produto. Para ajudar nesse quesito, a lista de Sites e Lojas Não confiáveis do Procon-SP ajuda bem. Outro site que pode auxiliar a verificar a reputação da loja é o Reclame Aqui. Mesmo assim, tomem muito cuidado na hora de fazer a compra de sua câmera pela internet.

9 – Tenha paciência –  Sim, tenha paciência. Você irá pesquisar muito e precisa dessa virtude na hora da compra de sua câmera fotográfica. Como eu disse antes, foram 2 meses de pesquisa em sites, vídeos, resenhas, tutoriais, sites das marcas, relatos de experiência, unboxing, sites gringos, comparações entre câmeras, fóruns, sites de equipamentos fotográficos, idas em lojas para testar câmeras, lojas online para comparar preços. Ufaa! E não me arrependo de nada disso. Valeu cada minuto de pesquisa, pois tenho um equipamento bacana que foi escolhido por mim.

10 – Nikon ou Canon? – Deixei essa questão por último pois simplesmente a resposta é: depende de você. Ambas são marcas top no que se refere a câmeras fotográficas. As duas tem o mesmo propósito no mercado. O que vai fazer você decidir qual escolher é qual você irá se adaptar melhor. Por isso o item 5 – Faça testes é tão importante. É sempre bom testar as câmeras antes, verificar se você gosta de segurá-las, se adapta melhor ao seu jeito de fotografar e se está de acordo com o seu propósito na fotografia. Eu já tive uma Nikon e era apaixonada por ela. Recentemente comprei uma Canon e estou curtindo muito a câmera.

Bônus – Dicas valiosíssimas: escolha uma câmera que esteja dentro do seu orçamento. É melhor você tem uma câmera que cabe no seu bolso e ir aprendendo  sobre fotografia com ela, do que ficar sonhando com uma mais cara e nunca ter a chance de ter a sua. Escolha VOCÊ a sua câmera, não adianta perguntar para um ou para outro qual o melhor modelo de câmera. O que é bom para alguns, pode não ser bom para outros. E já me arrependi muito ouvindo a opinião de outras pessoas. E por último, não subestime a câmera fotográfica que você tem. Ela pode ser capaz de fazer coisas que nem imagina.

—–

Ufa! Esse post ficou gigaaanteee! Mas valeu a pena! Espero poder ajudá-los com as suas escolhas. Se ainda tiver alguma dúvida que NÃO foi explicado nesse guia, deixe sua pergunta nos comentários. Terei o maior prazer em ajudar!

 Para acompanhar todas as novidades do Prateleira de Cima:
LojaOnline | Facebook Twitter Instagram  | Skoob | Youtube | Bloglovin’